Cosplay de Aoba/Koujaku + Pensando em largar cosplay

E aí gente, tudo bem? Hoje eu quero falar um pouquinho sobre o que ocorreu nesse último ano com cosplay, claro que eu já deixei bem clara ...


E aí gente, tudo bem? Hoje eu quero falar um pouquinho sobre o que ocorreu nesse último ano com cosplay, claro que eu já deixei bem clara a minha posição no A frustração de ser Cosplayer, mas mesmo assim eu acho que seria legal comentar sobre agora e não sobre o passado.

Esse mês, finalmente finalizamos nosso cosplay do Aoba e Koujaku, finalizamos naquelas, faltou muita coisa que eu queria fazer e não tivemos condições / tempo pra isso. Primeiro porque a crise acabou com a gente de uma forma que foi maravilhosa e acabou com todas as possibilidades dos meus cosplays futuros, já que eu não peço mais um centavo pra minha mãe desde que eu tinha quinze anos.

Tivemos que fechar a loja quando o dólar aumentou porque estávamos tendo mais prejuízos do que vendas, ainda juntou com os malditos da receita federal taxando tudo, não teve jeito, está impossível viver no Brasil nesses últimos dois anos. E esses fatos vem ferrando a gente em várias coisas desde então. Ficamos um longo tempo sem emprego, se matando como podíamos, com dinheiro muitas vezes contado até a Kyo abrir a loja de bonecas para ajudar um pouco por mês, porque dar conta das nossas contas não dá.

Por fim a roupa ficou pronta, a minha e a dela, tive que mandar fazer todos os reparos necessários, gastei bastante ainda pra arrumar, e bem, a Kyo ainda queria a espada, então pedimos com uma amiga nossa que era cosmaker, com três meses de antecedência, em troca de um outro serviço que fizemos para ela. Eu não vou entrar em detalhes, porque isso me deixou extremamente magoada com essa pessoa, mas não vou fazer nenhum feedback negativo. O que importa é que três meses depois, véspera de evento recebemos a notícia que a espada não estava pronta, mas os cosplays dela para todos os eventos do ano estavam, sem contar que a encomenda dela entregamos dentro dos prazos, logo desistimos da espada e largamos mão desse cosplay de vez.

Não gostamos de como ele ficou na gente, ficamos bem irritadas, e ficamos quase DOIS ANOS pra conseguir completar ele. Eis que a Kyo decidiu vender o cosplay dela, e eu vou dar um tempo até ela fazer outro personagem comigo e vou vender o meu também, acabou. Antes disso, fizemos uma sessão de fotos, que foi divulgada no facebook há um tempo, todo mundo já deve ter visto a essa altura, mas vou deixar as fotos abaixo de todo modo.








Eu também usei o cosplay para ir no Shinobi Spirit de Outubro esse ano, e cantei lá também, uma música do GazettE para uma amiga.

O problema é: Como eu vou lidar com cosplay de agora em diante? Sem dinheiro, não dá, então ir em evento de cosplay completo só quando eu estabilizar a minha vida e tiver dinheiro sobrando pra isso. Também não tenho mais paciência para 90% das pessoas que estão no meio cosplay, não tenho mesmo, por isso, de agora em diante farei cosplay pra mim e para a Kyo, nada mais. Compraremos os visuais, faremos fotos em casa, porque não vale a pena perder tempo querendo cosplay completo pra ir em evento, perdemos muito tempo, muita coisa e isso não leva a lugar nenhum. Nossos cosplays, sempre são na medida do possível bem detalhados, e o que pagamos mil e duzentos, mal conseguimos vender pela metade depois de usar uma vez e isso é bem frustrante.

Estamos cansadas, e essa é a verdade, somos das antigas, gostamos de cosplays completos, mas não somos cosmakers e gastamos muito com isso. Chegamos a um ponto da nossa vida que, ou nos concentramos em ter as nossas coisas para seguir em frente ou fazemos cosplay, e nossa vida sempre vai ficar em primeiro lugar, por isso, eu não queria, mas acredito que teremos que dar um tempo, que é o que eu meio que já estou fazendo. Dói, mas a longo prazo vai ser melhor. 

Você também pode gostar

0 comentários

Flickr Images